Logo
 
Notícias


Jantar de Confraternização 14/12/13
Qui, 21 de Novembro de 2013 16:57

 

Envie essa matéria para um companheiro
 
Convite
Sex, 08 de Novembro de 2013 14:58
O sinpol, estará fazendo uma homenagem aos escrivães de polícia no próximo domingo, em virtude do seu dia 05/11, no domingo  dia 10/11, onde teremos um almoço,na sede campestre 
Rua Marco Francisco Garcia Chiuratto,10 - Altos da Boa Vista
(a partir das 13 hs)

Contamos com a sua valiosa presença.

Precisamos da sua confirmação, caso queira levar mais familiares, poderá acertar na hora, será vinte reais por pessoa.

O cardápio é bem delicioso.

Pretendemos doravante, na data de cada categoria, fazer comemorações.

Um abraço
Cidinha Queiróz.

Envie essa matéria para um companheiro
 
"TAXA DE CORRETAGEM"
Sex, 08 de Novembro de 2013 14:56
VOCÊ SABIA QUE AS CONSTRUTORAS NÃO PODEM COBRAR A "TAXA DE CORRETAGEM" DOS COMPRADORES?

Caros associados, nos últimos dias diversos colegas vêm procurando o setor jurídico do Sindicato para questionar sobre a legalidade da cobrança, por diversas Construtoras, de "taxa de corretagem" no momento da aquisição de imóvel, esteja este pronto ou ainda "na planta".

Diante de tal fato, vamos a alguns esclarecimentos: de plano há que se ressaltar que cada caso apresenta sua peculiaridade, demandando análise específica. Todavia, EM REGRA, tal prática usual das Construtoras vem sendo considerada ABUSIVA pela Justiça, possibilitando assim reaver o ilegal valor pago a título de "taxa de corretagem".

Dessa forma, se vc associado (ou algum seus familiares) adquiriu um imóvel através de alguma Construtora e, no ato da compra, foi paga "taxa de corretagem" a um corretor que não foi por você contratado, mas sim que já se encontrava no "stand" de vendas no momento da compra, tendo assim sido contratado diretamente pela própria Construtora, tal valor é passível de ser reavido através de uma ação judicial.

Logo, se vc se encontra nestas condições, entre em contato diretamente com o setor jurídico do Sindicato para maiores esclarecimentos e, se for o caso, para a propositura de eventual ação para ressarcimento de tais valores.

Envie essa matéria para um companheiro
 
Polícia Civil abre seleção para 4.658 vagas
Qua, 06 de Novembro de 2013 18:22
Enviado em 06/11/2013 as 12:24 - ESCRILUDIDA

06/11/2013 10:51
Polícia Civil abre seleção para 4.658 vagas

Cargo com maior número de chances é o de investigador, com 1.384 oportunidades; Concurso é estadual Tamiris Gomes/Especial para o BOM DIA
Divulgação Cargo com maior número de chances é o de investigador. Salário é de R$ 2.953,34 Cargo com maior número de chances é o de investigador. Salário é de R$ 2.953,34.

A Polícia Civil do estado de São Paulo vai publicar, até o fim do mês, os editais de abertura dos concursos públicos destinados ao preenchimento de 4.658 vagas na corporação.

A previsão é de que as inscrições sejam liberadas também neste mês. Segundo a Acadepol (Academia de Polícia), este será um dos maiores concursos na história da Polícia Civil paulista. As oportunidades ofertadas serão dividias entre a Polícia Judiciária (2.805) e Polícia Técnico-Científica (1.853).

O concurso abre 11 funções no total: delegado, investigador, escrivão, médico legista, perito, desenhista técnico pericial, fotógrafo técnico pericial, auxiliar de necropsia, oficial administrativo, técnico de laboratório e atendente de necrotério.

O cargo com maior número de chances é o de investigador, com 1.384 postos. O salário é de R$ 2.953,34. Neste valor não estão incluídos as gratificações e os adicionais pagos ao cargo.

Logo depois, com 1.075 vagas, está o posto de escrivão. A remuneração é de R$ 2.953,34. Auxiliar administrativo têm 600 vagas com salário mensal de R$ 1.085. Já o cargo de perito criminal tem 529 e a remuneração bruta, segundo o governo, pode chegar a R$ 7.024,32.

http://www.redebomdia.com.br/noticia/detalhe/59790/Policia+Civil+abre+selecao+para+4.658+vagas

Envie essa matéria para um companheiro
 
Cidinha no Palácio dos Bandeirantes em 05.11.2013
Qua, 06 de Novembro de 2013 18:20
Ontem 05 de novembro de 2013,  estive no Palácio dos Bandeirantes, juntamente com os representantes, de Jundiaí, Santos , Ribeirão Preto, e da Ipa, a fim de podermos opinar quanto as alterações  ao PLC 44/2013.

Mas infelizmente os tecnocratas, da secretaria do planejamento convidaram para participar apenas o representante dos escrivães e dos investigadores e o presidente da FEIPOL.

Contudo insistimos para entrar na referida reunião, afinal representamos todas as carreiras da Polícia Civil , mas foi em vão.

O secretário Julio Semeghini e a dra. Cibele Franzese, já estavam com a tabela pronta, e o Kiko da  FEIPOL, tentou fazer o possível em convencê-los na aplicabilidade do que o governador anunciou, porém foi em vão.

E foi passado a eles que era o que o governador pode dar com relação ao reconhecimento das carreiras do nível universitário,  e que nada mais podia ser alterado, neste momento., mesmo com a insistência do nosso representante da FEIPOL de nada adiantou.

Para melhor entendimento, o que ficou demonstrado aos representantes  é que os índices foram escalonados e não cumulativamente ao reajuste geral dos 7%.

Saíram da reunião chateados e sem muitas expectativas de mudanças.

Como  a esperança é a última que morre, esta presidente continua lutando, e conta com o auxilio de nosso querido delegado geral de polícia, que tenho a certeza que tentará buscar o máximo de alternativas para melhorá-lo.

Atenciosamente
Maria Aparecida de Queiróz  Almeida
Presidente do Sinpol Sorocaba

Envie essa matéria para um companheiro
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 6 de 40

 

 

 

 

logorodape.png
telefones.png